domingo, 31 de agosto de 2008

Sociedade Humana Castrada ?

Será que o homem, como animal humano , ou humano animal, é capaz em sua rede instintual de evoluir para algum ponto que não o ponto absorto que está à sua própria sorte ?
O que quero tentar dizer aqui? Assim como ouvi uma vez em uma entrevista da Marília Gabriela , onde a certo ponto da entrevista ela disse que o desenvolvimento do ser humano bateu na trave... Concordo com ela...
Qual seria um caminho evolutivo que propiciaria uma melhor relação do homem consigo mesmo e com a sociedade em geral ?
Os instintos são a base da vida e da sobrevivência, mas também são a base de inúmeras neuroses e diversos males que assolam os indivíduos. O que Freud, Darwin, e outros poderiam indicar como possíveis esferas evolutivas para a mente, para uma melhor adaptação humana à luz do prazer, sobrevivência e permanência nesse planeta, sem esse instinto auto-destrutivo atual ?
Uma liberação sexual ainda maior ? Uma possível mudança cerebral na evolução dos indivíduos nas próximas centenas, milhares e milhões de anos , compreendendo uma nova capacidade civilizatória que teriam em seu aparelho psíquico uma fonte de prazer interno maior,com maior estabilidade entre mundo externo e mundo interno?
Os pensamentos podem ir longe.
É possível criar um novo mundo externo, mas o mundo interno em seu caráter evolutivo só pode ser objeto de intermináveis elucubrações e suposições de um estado mais utópico de ser.

2 comentários:

Guilherme S. Zufelato disse...

óóia... como um bom psicanalista em formação, eu cheguei em casa bebum agora, e li este post... CARAMBA! quem foi que escreveu bunito assim? putzz.... muito bom! curti! tentarei nesta próxima semana fazer um texto para tbm contribuir com o blog! E assim vamos propagando o psique ativa...
abraços

Luis Agusto disse...

Evolução infelizmente ou felizmente não pode ser prevista.Somente especulada como em filmes de ficção.Pensar sobre isso é somente um desdobramento de nossa ansiedade. E discordando de Marília Gabriela, o desenvolvimento humano não vem como num gol, nem é tão objetivo como um gol e ela acaba sendo deveras arrogante ao afirmar que "bateu na trave". Evolução não é algo pronto e acabado e sim algo sujeito a inúmeras variáveis e gradações. Fica aqui minha opinião.